sábado, 28 de janeiro de 2017

Resenha DA TERRA A LUA

Resenha DA TERRA A LUA
Autor: Júlio Verne
Editora: Melhoramentos
Ano: 2011
Tradução: Doria, Maria Alice Araripe de Sampaio
Páginas: 224
Gênero: Literatura, Ficção Cientifica
Avaliação do blog ☆☆☆☆

Olá pessoas mais lindas do universo!!! Como vocês estão? Hoje estou aqui para te levar a Luaaaaaaaaaa.... vamos viajar na resenha do livro Da Terra a Lua do queridíssimo escritor Júlio Verne...  topam? Então apertem os cintos e contagem regressiva 5... 4... 3... 2... 1....!!!

Lembrando que essa leitura faz parte do projeto De Capa a Capa que foi falado Aqui! são vários blogs e páginas que estão compartilhando a mesma leitura! abaixo irei deixar o link de todos os participantes.

Quando comecei a Ler senti uma grande necessidade de saber sobre o escritor, e fui pesquisar, então hoje vou mudar um pouquinho, acho que para quem não conhece como eu não conhecia vale a pena saber quem ele foi e quais foram os seus feitos:

Mini Biografia

O escritor francês Jules Verne, conhecido em português como Júlio Verne, nasceu em 1828 e é considerado o precursor do gênero de ficção científica. Em seus livros fez previsões sobre o aparecimento de novos avanços científicos, como os submarinos, máquinas voadoras e a viagem à Lua. É um dos escritores com mais obras traduzidas em toda história, chegando a 148 idiomas diferentes, segundo estatísticas da UNESCO, tendo escrito mais de 100 livros. Verne passou a infância morando com a família na cidade francesa de Nantes. Quando foi morar em Paris para estudar Direito, começou a se interessar mais pelo teatro do que pelas leis, tendo escrito alguns livretos de operetas e pequenas histórias de viagens. Júlio Verne despertou para a carreira literária quando se associou a Pierre-Jules Hetzel, editor experiente que trabalhava com grandes nomes da época, como Alfred de Brehat, Victor Hugo, Erckmann-Chatrian e George Sand. O último livro publicado por ele foi O senhor do mundo, suas principais obras: A ilha misteriosa, À roda da Lua, A volta ao mundo em oitenta dias, As Índias negras, Cinco semanas em um balão, Da Terra à Lua, Heitor Servadac, Martin Paz, Miguel Strogoff, O capitão Hateras, O Chancellor, Os conquistadores, Os filhos do capitão Grant Paris no século XX, Três russos e três ingleses, Um drama no México, Uma cidade flutuante, Viagem ao centro da terra, Vinte mil léguas submarinas

O que falar do Júlio Verne depois dessa mini biografia??? Gente ele foi o cara que inspirou grandes feitos para a humanidade!!! GÊNIOOOOOOOOOO

Vamos a Resenha!

Durante a guerra federal dos Estados Unidos fundou-se o Cun-Club, um novo Club de grande influência e cheio de personalidades, os integrantes eram inventores de diversas armas, iam de carabinas a canhões. Há única preocupação desse Club era o aperfeiçoamento de armas de guerra, isso incluía experimentos com os próprios corpos, livro de honra e oficiais de todas as patentes e idades.

“Era uma reunião de anjos exterminadores, e afora isto, as melhores pessoas do mundo” pág.s 08.  Será que eram as melhores pessoas????

A guerra acabou, foi assinado um tratado de paz, e o Gun-Club ficou em profundo luto, do que adiantava tanto trabalho se não podiam coloca-los em prática?

“Nada que fazer! Onde vai o Tempo em que as alegres detonações do canhão nos despertavam todas as manhãs?” pág. 09

Agora todos os integrantes do Cun-Club não sabiam mais o que fazer, pensaram em várias possibilidades, mas em nenhuma delas conseguiram encontrar a solução,  o club estava ameaçado, não fazia sentido a sua existência... até que algo inesperado aconteceu... o presidente do Club solicitou uma reunião que mudaria o rumo da história.

“Seria possível enviar uma bala até a Lua!” pág 21.

O presidente do Cun-club Sr. Barbicane propôs a todos os associados a enviar uma bala até a lua, era um feito que ninguém jamais havia tentando e seriam eles que iriam projetar e enviar essa bala até a lua! Todos concordaram e não viam a hora de começar a trabalhar... mas primeiro precisavam  estabelecer alguns pontos e obterem algumas respostas como:  Qual seria o tamanho da bala e do canhão? Aonde iam conseguir dinheiro? Qual seria o melhor dia e a distância certa da Terra a Lua? Em que local era mais adequado enviar a bala? Será que era possível enviar pessoas juntas com o projétil? Quanto de pólvora iriam gastar?
Todas essas perguntas serão respondidas com o passar das páginas, então convido a todos vocês a entrarem junto comigo nessa viagem da Terra a Lua!!!!

Opinião do Blog:

O livro em si é muito bom! A leitura é um pouco arrastada pelo vocabulário técnico que é empregado... mas gente é um livro de 1865, há muita riqueza de detalhes, de cálculos, de teorias, sem contar as paginas ilustradas que dão um toque especial!
As primeiras páginas não são tão empolgantes, pois você fica naquela será que vão conseguir enviar essa bala? Daí você vai percebendo que sim e outras coisas vão acontecendo, a todo o momento queremos que chegue logo o Grande Dia! e ele chega!!!!  Não fiquei desapontada em nenhum momento com o seu desfecho foi muitoooo 10000000000!!!! Super aconselho a conferirem essa grande aventura!!!

“Por coincidência a Lua, como se percebera que dela se tratava, brilhava naquela noite com uma serena magnificência, e eclipsava com intensa irradiação todas as luzes terrestres”. Pág 23.

E você Tá lendo??
Bjus

 Links dos Blogs participantes:
Não podia esquecer da referência da Mini biografia http://www.livrariacultura.com.br/e/julio-verne-64075

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Resenha Anjos e Demônios

Oi gente como andam as leituras?
Hoje trago um livro um pouco diferente do que temos lido por aqui...
Vamos de Dan Brown!!!

É o primeiro livro que li desse autor, e essa leitura é em conjunto com dois amigos, vamos ler os demais e lógico venho aqui comentar com vocês.
Fiz uma viagem para Roma sem sair do meu sofá, tudo devido a riqueza de detalhes e mesmo sendo tão detalhista, o que em alguns livros isso incomoda dando a impressão que o  autor esta fugindo da trama, em Anjos e Demônios isso não acontece, pelo contrário, só faz enaltecer a história. Durante vários momentos da história parei para pesquisar no “Tio Google” e tudo era real
Vamos conhecer Robert Lagdon, um professor de simbologia que irá receber um telefonema no meio da madrugada com uma proposta indecente... Investigar um assassinato!
A vitima foi Leonardo Vetra um físico, que tenta juntar seus dois amores: Deus e a Ciência...
A história vai girar em torno dessa morte. Por que e quem? Enquanto essas perguntas não são respondidas vamos nos envolver com uma “guerra” existente em nosso dias: Religião X Ciências...
“... sempre existiu uma brecha entre ciências e religião.” Página 36
O livro é bem criticado por tratar de um assunto polemico porem, não percebi em nenhum momento da leitura algo que justificasse tais criticas, ele não afirma nada, apenas mostra as duas caras da moeda... Devemos lembrar que é uma obra de ficção...
Mesmo sendo ficção o autor brinca com fatos reais ao envolver na história os “Iluminati” uma sociedade que realmente existiu e defendia seu amor pela ciência e nos leva para um passeio histórico ao passado e  dias de hoje.
“As vezes para encontrar a verdade, é preciso remover as montanhas.” Página 57
Sugiro que você deixe seus “pré-conceitos” de lado e embarque nessa viagem...
“Deus, dê-me forças para aceitar as coisas que não posso mudar”. Página. 147

Livro: Anjos e Demônios
Autor: Dan Brow
Editora Sextante
Páginas: 461
Avaliação do Blog: ✰✰✰✰✰✰

E você Tá Lendo?

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

O Soldadinho de Chumbo

Como combinado toda sexta-feira vamos falar da literatura infantil! Falei disso aqui... E lógico vou começar com Mauricio de Sousa...
Não temos a pretensão de qualificar o livro para determinada idade... Você leitor “adulto” deve possuir o bom senso de acordo com o seu ouvinte.
Uma leitura ao “pé” da letra, uma leitura apenas das ilustrações... Uma, duas, três vezes... Isso mesmo pessoal, a criança gosta de ouvir a mesma história várias vezes, como ainda não sabe ler precisa decorar para “reler”, quantas vezes não presenciei minha filha  “lendo” para as bonecas...
 Hoje trago um livro da Série Clássica Ilustrados. Nessa série temos releituras de grandes clássicos da literatura infantil, sempre representado com os personagens da Turma da Mônica.

O soldadinho de chumbo é representado pelo Cebolinha e lógico que a bailarina é representada pela Mônica.
Podemos conversar sobre tantos assuntos com essa história...
Afinal um soldadinho com uma perna só! Que tal falar sobre as diferenças, sobre o respeito e até mesmo sobre bullying afinal de certa forma o soldadinho foi desprezado, pois era “perneta”.


Título: o Soldadinho de Chumbo

coleção: Clássicos Ilustrados
Autor: Mauricio de Sousa

Páginas: 20
Avaliação do Blog:✰✰✰✰✰




E você Tá Lendo?

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

RESENHA ENFEITIÇADOS PELO DESEJO

Resenha Enfeitiçados pelo Desejo

Autora: Sylvia Day
Editora: LEYA
Ano: 2014
Tradução: Débora Salles
ISBN: 978-85-8044-917-4
Páginas: 160
Gênero: Literatura Americana, Romance Erótico, 
Avaliação do blog ☆☆


Olá pessoas lindas do meu coração!!! Hoje venho trazer a resenha do Livro “Enfeitiçados pelo Desejo”... da autora Sylvia Day... esse é o primeiro livro... o segundo chama-se "Prazeres da Noite" Venham conferir!


       O livro conta a história de Victoria... Ela é uma familiar (O livro não deixa bem claro o que é... mas pelo que se entende são feiticeiros(a), bruxos(a) ou pessoas que possuem magia... As familiares mulheres precisam ser domadas... Isso mesmo domadas.... elas precisam ser submissas de seus companheiros, eles por outro lado precisam cuidar muito bem delas, como alimenta-las na boca, dar banhos  e outras coisitasssss a mais....) O companheiro de Victoria Darius morreu em uma batalha de magia... Ela então passou a viver solitária, sem ninguém... O Conselho Superior (também não esta muito claro o que é, mas o que se entende é que são caçadores altamente poderosos que integram um conselho... o que seria o mais alto cargo da sociedade da magia deles) não aceitava que nenhuma familiar vivesse solitária, ela tinha que ser domada e levada para um novo companheiro, do contrário seria morta! Victoria no entanto não queria ninguém em sua vida, estava disposta a morrer por seus ideais, não passava por sua cabeça ser submissa a outro Bruxo que não fosse Darius.

       O conselho decidiu então acionar o seu caçador mais eficiente, o mais poderoso para domar e domesticar Victoria... O nome dele é Max Westin... Se Max fracassasse Victoria não teria outra chance, ela iria ser morta.

“O terno Armani que usava não conseguia esconder o predador que o vestia. Alto, moreno, o caçador movia-se com arrogância”. pág 11

       A partir desse momento o jogo de sedução e perseguição começa... Victoria fazendo o possível e o impossível para desafiar o conselho e Max tentando montar a estratégia certa para domar Victoria!

       O que irá acontecer nessa história?  Victoria será domada? O que esperar de Max? Se apaixonará por ela? E o Conselho até quando irá esperar para Victoria se tornar submissa?  

       Então pessoal nunca tinha lido um livro da Sylvia Day, estava ansiosa por essa leitura, confesso que fiquei desapontada... ela escreve sem sombra de duvidas maravilhosamente bem,  o problema desse livro não é a historia em si... é a falta dela... desculpe –me se estou falando bobeira mais infelizmente foi o que achei... O livro inteiro é sexo... sexo e mais sexo... parecia que eu estava dentro de um filme pornô... é claroooo que muito bem escrito descrito em todos os seus detalhes... talvez seja porque não estou acostumada a ler livros Hot’s e esse tipo de narrativa não me agradar muito...  Se vocês leram 50 tons e acharam pesado... ou ruim não aconselho a ler esse livro da Sylvia... Pois como diz uma amiga minha é bem HOTÃO! Sei que tem pessoas que amaram... e  peço para que não me entendam mal...  esse é apenas o meu ponto de vista e infelizmente não gostei do que li.

“Eu não me sinto inteiro quando não sou uma parte de você” pág. 97

E você... Tá lendo? 
bjus



segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Resenha A Hospedeira

Oi gente tudo bem por aqui? Como estão indo as leituras?
Vamos falar do livro A Hospedeira? Conheci esse livro á uns quatro anos atrás, quando estava lendo Crepúsculo da mesma autora, na época minha amiga comentou desse livro e eu falei que não tinha interesse, pois, não gosto de ficção cientifica.
Esse ano o livro A Hospedeira foi escolhido por votação no grupo Cantinho da Imaginação, um grupo de leitura que participamos no whats app, como não votei nesse livro eu poderia até passar, mas, como minha meta de leitura para esse ano são 50 livros, resolvi encarar, até porque ler em grupo é muito mais gostoso...


Sinopse
Nosso planeta está sendo invadido por alienígenas, simplesmente porque eles acham que não somos merecedores desse planeta com tantos recursos e tantas belezas, Eles percebem que estamos destruindo o planeta, que somos cruéis, mentirosos, violentos, bárbaros e matamos uns aos outros! 

“Vocês assassinam toda uma espécie e depois dão tapinhas nas costas.” Página 46.

Ainda bem que a historia e fictícia!!!
Os alienígenas ou como são descritos no livro as “almas” resolvem se hospedar em nossos corpos, isso mesmo, sem nenhuma permissão elas “tomam” o nosso corpo e conseguem dominar a nossa consciência. Os alienígenas ou as almas acham que estão salvando o planeta, já que são incapazes de cometer qualquer ato de violência ou mentir...
A população começa a perceber que há algo errado, e começam a se esconder, a fugir, mas, não é tão fácil...
Nessa trama, vamos conhecer Mel, ainda uma humana, tentando fugir dos alienígenas, até ser capturada e receber a alma Peregrina.
Peregrina é uma alma que já viveu em vários planetas e digamos bem experiente, porém, Mel não irá se render tão fácil e vai tentar fazer com que a Peregrina não domine totalmente a sua alma...
Começam-se os diálogos entre Mel e Peregrina!

É nesse momento que o livro entra no ritmo, pois, até então a leitura estava bem arrastada!
Mel aos pouquinhos vai conseguir conversar com a hospedeira e revelar seus sentimentos e durante  essas conversas a hospedeira descobre que ainda há humanos escondidos...

Será que a hospedeira vai trair a confiança da Mel?
Durante a leitura fui ficando ansiosa, e em muitos momentos um pouco “deprê” com a história. Fiquei tentando imaginar uma forma de salvar a hospedeira... Como não concordar com as “almas”, quando eles falam que somos egoístas?

“A violência é parte de sua escolha de vida” Página 17

Será? Como tem sido as escolhas??? Ainda podemos mudar?

“...Você nunca sabe quanto tempo vai ter.” Página 76


Livro: A hospedeira

Autor (a): Stephenie Meyer
Páginas: 560
Editora: Intrínseca
Avaliação:✰✰✰✰

E você Tá Lendo?

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Nosso Desafio!

       Oi gente!!! Como vão as leituras?
Esses dias estávamos pensando como iniciamos a nossa vida de leitor??? Quando foi o nosso primeiro contato com esse mundo?
Talvez com avó, um irmão mais velho ou os nossos pais nos levaram para esse mundo sem nenhuma intenção... Você viu o seu pai lendo um jornal, sua vó contou uma história para você, sua mãe no supermercado lendo a lista de compras, pronto, bem vindo ao nosso mundo... Não tem mágica somos apresentados sutilmente, e aos poucos vamos percebendo o quanto é importante ler, ler e escrever...
      Alguns irão ficar no básico, digamos na mediocridade, não estou ofendendo ninguém, mas algumas pessoas vão apenas ler e escrever para sobreviver, não significa gostar ou não é uma necessidade outras vão caminhar um pouco mais...
      Intencionalmente somos apresentados ao “mundo literário” na escola! Ainda sem saber ler e escrever, vamos ouvindo e vamos vendo o mundo letrado... Agora talvez seja o nosso primeiro contato com os livros, podemos manuseá-los e iniciamos as nossas “experiências literárias”.
      Acreditamos que só o incentivo na escola é muito pouco para formar um leitor, a criança precisa de exemplos, ela precisa ser conduzida, ela precisa de incentivos... E nós somos esse incentivo!
      Pensando em tudo isso, o Blog Tá Lendo, assume o compromisso de toda sexta-feira colocar a resenha de um livro infantil...
       Você pode até não ter filhos, mas, conhece uma criança!!! Esse é o nosso desafio para você, formar novos leitores...
E ai Vai encarar?

Super beijo e boas leituras!!!

Minha filha Sophia
E você Tá Lendo?


quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

RESENHA AMANTE DESPERTO - IAN - IRMANDADE DA ADAGA NEGRA

Resenha Amante Desperto

Autora: J.R Ward.
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2011
Tradução: Jacqueline Valpassos
Páginas: 464
Gênero: Vampiros, Ficção, Romance, Série
Avaliação do blog ☆☆☆☆☆




Olá pessoas lindaassss!!! Tudo bem com vocês? Trago hoje a resenha do terceiro livro da Série Irmandade da Adaga Negra...  “Amante Desperto” como comentei todo mês estarei colocando a resenha de um livro da Irmandade.... Para quem ainda não viu as outras resenhas é só clicar Aqui para acessar a resenha do primeiro livro Amante Sombrio, e clicar Aqui na resenha do segundo livro Amante Eterno... Gostei de todos os livros anteriores, mas esse livro é especial! Espero que gostem! Ótima leitura!!!

      Zsadist e Phury são irmãos gêmeos, os dois tiveram destinos diferentes, Zsadist foi sequestrado quando tinha sete meses de vida, e vendido como escravo para uma aristocrata rica, o nome dela era Catronia, ela usou Zsadist como seu escravo de sangue por muitos anos, ele vivia acorrentado em uma cela, sua vida foi muito difícil, até que seu irmão o encontrou, pois nunca parou de procura-lo, o libertou, e como eles eram guerreiros entraram juntos para a Irmandade da Adaga Negra.

Tempo... Tempo foi tudo de que precisou. De tempo e da incapacidade de Catronia de resistir a lhe mostrar seu troféu, seu brinquedo, seu escravo”. Pág. 200

       Nos dias atuais Zsadist é um vampiro isolado, agressivo e cheio de mistérios, ele não quer ter nenhum cotato com uma vampira, o que dificulta a sua alimentação, pois os vampiros precisam do sangue de uma igual para se manterem saudáveis e fortes. Sua aparência é assustadora e seu rosto coberto por cicatrizes, a única pessoa com quem se importa é com o seu irmão gêmeo.
     Zsadist conhece uma jovem vampira chamada Bella, ela mexe com ele de uma forma diferente, algo que não consegue entender, mas também não quer descobrir o que é. Já Bella nutre fortes sentimentos por Zsadist, a cada dia que passa não consegue pensar em mais nada a não ser nele.
Até que.......

      Ela é raptada pela sociedade redutora, e esta sendo mantida em cativeiro por um redutor que se diz estar loucamente apaixonado por ela.
      Zsadist não consegue acreditar que Bela esta nas mãos dos redutores, desde o seu desaparecimento não parar de procura-la, nem por um instante. Até que ele a encontra.

“Bela começou a tremer. Lembrava-se muito bem daquele aroma... uma mistura de almíscar intenso com um toque de pinho... Zsadist... Zsadist estava naquele automóvel com ela...” pág. 77

      A partir desse momento os dois irão viver uma montanha russa de sentimentos, Bella não entende porque Zsadist afasta-se, Zsadist por outro lado não consegue ver nenhum futuro ao lado de uma vampira, seu passado até hoje o atormenta, não suporta sentir o toque de ninguém... no meio desses sentimentos o irmão de Zsadist Phury está apaixonado por Bella... eis aí um triangulo amoroso...   Sem contar que o Redutor que mantinha Bella no cativeiro esta a sua procura.... O que podemos esperar dessa história? Será que Zsadist um dia conseguirá se apaixonar por alguém? Será que Bella irá conseguir se aproximar de Zsadist? Será que ela irá se aproximar de Phury? Ou será que o Redutor irá conseguir Bella novamente? Convido então vocês a entrarem nessa batalha de conquistas e guerras!!!

      Quando comecei a ler o livro não consegui parar, pois são tantas as tramas envolvidas em uma única história, que devorei em apenas 24 horas, Zsadist é um vampiro cheio de traumas, causado pelo seu passado sombrio, já Bella é uma vampira de classe alta, mora sozinha e esta perdidamente apaixonada por Zsadist.  O que deixa a história mais empolgante é o fato de Zsadist viver um pesadelo dentro de si, não conseguindo se libertar de seus traumas... Eu fiquei torcendo o tempo todo para ele superar o seu passado e conseguir viver em paz com Bella, sem falar das  outras histórias que vão se desenrolado com o passar da leitura, vários personagens deixam a trama bem instigante, fazendo com que as páginas sejam lidas com tanta rapidez que você tem que parar para saborear a história melhor... Fiquei muito apaixonada por essa leitura, por isso convido vocês a experimentarem esse misto de emoções e sentimentos... Tenho certeza que vocês também irão gostar dessa incrível historia, claro para quem gosta de romance, ficção, ação e um pitada bem leve de sedução!

“Seus olhos negros procuraram os de Bella. Estavam brilhando. Reluzindo. Exatamente como o sangue que tinha derramado para defendê-la”. Pág 213.

E você tá lendo?





segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Resenha - Não fale com estranhos

Oi gente tudo bem?
Hoje vou falar da minha ultima leitura de 2016!

Sinopse
Não sei como, por que, nunca tinha lido um livro de Harlan Coben!!! A única coisa que sei é que preciso de todos os livros dele...
A indicação desse livro foi feita por um grupo de leituras que participo e que iremos debater no final de janeiro, sendo sincera comecei a ler por obrigação, mas, depois amei a história e super indico esse livro.
Dificilmente leio uma sinopse, gosto de ir descobrindo a história aos poucos, e imaginei varias histórias para esse título, afinal acho que todas as crianças já ouviram esse alerta e eu como mãe sempre falo para minha filha “NÃO FALE COM ESTRANHOS”, mas, confesso que as histórias que imaginei não passaram nem perto com a real história desse livro.
Vamos conhecer Adam, um bom pai, um bom marido que tem uma vida sossegada, tranquila, com uma rotina estabelecida, talvez igual a sua ou a minha... Só que em um belo dia um “Estranho” senta ao lado dele e começa a puxar conversa. Acho que Adam nunca foi advertido pela sua mãe a respeito de estranhos, pois Adam dá ouvidos ao “Estranho”.
O “Estranho” vai falar algo para Adam que vai abalar o seu emocional!!! A partir daí vamos entrar em uma história de intrigas, falsidades e mentiras...

“...até onde a gente está disposto a ir para proteger a nossa família?” Página 19

O livro todo é narrado em terceira pessoa, vamos conhecer os sentimentos de cada  personagem, é impossível se manter imparcial, é impossível largar a historia...
Durante a leitura vai dando aquela agonia, você começa a tentar achar um culpado, mas, aí aparece outro fator e derruba o que você achou que sabia.
O final é simplesmente inesperado!!!
Resumindo você precisa ler urgentemente esse livro!!!
Livro: Não fale com estranhos;
Autor: Harlan Coben;
Editora: Arqueiro;
Páginas: 301;
Nota: ✭✭✭✭✮
E você Tá Lendo?



quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Resenha O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares

Resenha O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares

Autor: Ransom Riggs 
Editora: Leya
Ano: 2015
Tradução: Edmundo Barreiro
Páginas: 336
Gênero: Literatura americana, Ficção americana
Avaliação do blog ☆☆☆☆

Olá pessoas lindas do meu coração hoje venho trazer para vocês a resenha do livro O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares! Venham conferir!!!

Resenha

Jacob é um garoto pacato, desde muito pequeno era o fã numero 1 do seu avô Abraham Portman, ele era fascinado pelas histórias do tempo em que seu avô vivia em um orfanato no País de Gales durante a guerra...

“Na minha infância, vovô era a pessoa mais fascinante que eu conhecia, ele tinha crescido em um orfanato, lutado guerras, cruzado oceanos a bordo de navios a vapor e desertos a cavalo”. Pág. 8

Ele lhe contava historias e aventuras incríveis, de como era fascinante aquele lugar, de como as crianças que moravam ali eram especiais, ou peculiares, comentava também sobre os perigos que existiam e dos monstros que os perseguiam...

“O orfanato era um lugar encantado, contava ele, projetado para manter as crianças protegidas dos monstros, em uma ilha onde o sol brilhava todos os dias e ninguém jamais adoecia ou morria”... Pág. 9

Com o passar dos anos Jacob começou a duvidar da veracidade das histórias do seu avô e isso lhe entristeceu muito, sabia que não era possível histórias como aquelas serem verdadeiras... Seu avô já estava com uma idade avançada e tinha vários delírios sobre os monstros do passado, o pai de Jacob queria coloca-lo em um asilo mais Jacob achava que não era necessário...  Em um dia normal como todos o senhor Portman foi brutalmente assassinado, Jacob chegou a tempo de ver o assassino... Mas esse assassino era um mostro! Isso não fazia sentido! Não conseguia acreditar que estava vendo! A partir desse momento Jacob começou uma luta com o seu psicológico, o que ele viu foi real? Ou estava tendo um estresse pelo trauma? Ele foi em busca de tratamento, na verdade foi obrigado pelos seus pais a procurar uma terapia...

“Passei os meses seguintes à morte do meu avô entrando e saindo de um purgatório de salas de espera e escritórios bege, onde era analisado e entrevistado, em conversas particulares assentindo quando se dirigiam a mim, repetindo-me as mesmas palavras, objeto de mil olhares piedosos e expressões sérias de preocupação”. Pág. 34

Jacob começou o tratamento, no entanto seus pesadelos não paravam de atormentá-lo, como uma sugestão para que Jacob superasse o trauma da perda o terapeuta sugeriu que ele fizesse uma viagem e fosse visitar o orfanato em que seu avô havia morado durante a infância... talvez alguém de lá ainda estivesse vivo e contasse um pouco mais da vida do seu avô....  e é ai que as coisas começam a ficar interessantes! Jacob vai para o País de Gales acompanhado do seu pai decidido a encontrar esse lugar e ter a paz que tanto desejava... Será que Jacob encontrará o orfanato? Seus pesadelos irão cessar quando tiver as suas respostas? O que podemos esperar para esses acontecimentos que estão por vir? Convido vocês a conhecerem essa história cheia de mistérios e personagens pra lá de peculiares!  

Como vocês podem perceber a história começa cheia de suspenses e com uma morte bem traumática logo no início, quando eu comprei o livro achei que seria um dos meus livros prediletos, mais isso não aconteceu, a história é muito bem contada, mais não senti aquela empolgação, não teve emoção, foi muito vago, fiquei um pouco decepcionada, pois queria muito ter gostado e não consegui me apaixonar... o livro é bom mais não conquistou o meu coração... ele é o primeiro da trilogia, não houve um final no livro, a historia ficou completamente aberta para o segundo, então irei ler o segundo para comprovar se gostei ou não... logo mais trarei pra vocês a resenha do segundo livro... convido todos a entrarem nesse orfanato e juntamente comigo ler os próximos livros!  
Bjus

“As estrelas também eram viajantes do tempo. Quantos daqueles pontos de luz antigos eram ecos de sóis atualmente mortos? Se todos os sóis menos o nosso fossem destruídos hoje, quantas gerações se passariam até que percebêssemos estar sozinhos? Sempre soube que o céu era cheio de mistérios, mas só naquela noite eu me dei conta da quantidade deles que havia na Terra também”. Pág. 323


segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Resenha - Fora de mim # 01

Oi gente, tudo bem por aqui? Hoje é segunda-feira e é dia de resenha, na verdade toda segunda-feira e quarta-feira vocês terão um resenha, uma indicação de leitura...
Começando com chave de ouro, vamos de nacional!  

Adicionar legenda

Um livro para ser lido em um dia! Vamos conhecer e sentir a dor de alguém que termina um relacionamento na  verdade,  termina não querendo terminar, mas, já foi e agora é hora de caminhar e por mais que falem não é fácil e só ela pode virar a página.
O livro é narrado em primeira pessoa e não sabemos o nome dela, apenas sabemos que ela esta escrevendo para ele ou escrevendo um diário ou simplesmente desabafando com o leitor...
Durante a leitura percebemos o quanto muitas vezes deixamos de viver a “nossa vida” e passamos a viver para o outro, até na hora de escolher algo simples como por exemplo beber uma água com ou sem gás pensamos não no nosso gosto mas, no gosto do outro... E o que acontece com a nossa vida se ele vai embora? Como continuar a viver se não temos mais a quem servir? Em cada linha vamos vendo o seu sofrimento e vamos torcendo para que ela supere essa perda.
Percebemos o amadurecimento da personagem e como ela aprende a lidar com suas emoções.

“...mesmo não sabendo o que o amor significa, sei o que representa.” Página 121

Foi o primeiro livro lido do ano, primeiro livro que leio da Martha Medeiros,m mas, já me conquistou...

...”Mas, com sorte, talvez eu consiga aceitar que no amor não existe moral da história...” Página 131


Livro: Fora de Mim
Autor: Martha Medeiros
Editora: Objetiva
Páginas: 131
Nota de 0 a 05: 05

E você Tá Lendo?